quinta-feira, julho 12, 2007

**Notícias**





12 de julho

Dia de blogagem coletiva

*Contra a discriminação*

**Nos últimos tempos temos lido e ouvido que os brasileiros se tornaram alvo em vários países ao redor do mundo. Trabalhadores são perseguidos e segregados, turistas são barrados e humilhados, principalmente nos Estados Unidos e Europa, sob o argumento da segurança e do medo ao terrorismo.
O fato é que estas situações têm se repetido. E o Governo brasileiro, o que tem feito? Nada. Talvez por que o presidente Lula, que tem se revelado um excelente globe trotter não seja objeto desta discriminação. E é para chamar a atenção para o tratamento que os brasileiros estão recebendo que a Meire está propondo uma blogagem coletiva.
O selo da blogagem está ilustrando este chamamento e, se você for ou quiser participar é só pegá-lo e colocar na sua blogagem, fazendo referência à Meire. **

Pra quem já passou pelo aeroporto de NY, com visto de trânsito ....sabe o que é passar uma certa discriminação ...
Além de que tive até de retirar os sapatos para passar pelo detector de metais...
Isso sem contar que não se tem assistência nenhuma...
Ai..de vc se não entender o que falarem quando verificam o passaporte...
verificam sua foto, e conferem as sua digitais num aparelhinho....
Sem falar que para tirar esse visto foi uma burocracia danada....
Não somos americanos e somos obrigados a falar inglês...
Não somos terroristas...e somos tratados como tal...
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&






Câmara aprova registro de filhos de brasileiros no exterior


Medida vai beneficiar de 200 a 300 mil crianças nascidas nos últimos 12 anos



SÃO PAULO - A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira, 3, em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição 272/00, do Senado, que permite aos filhos de brasileiras nascidos no exterior serem registrados em consulados ou em embaixadas como brasileiros natos. A proposta irá agora à Comissão Especial para a elaboração da redação que será votada em segundo turno.

A PEC, que tramitou por sete anos no Congresso, restitui o direito à nacionalidade automática aos filhos de brasileiros que nasceram no exterior após 1994.

Devido a uma** falha** na revisão constitucional realizada naquele ano, foi suprimido do Artigo 12 da Constituição Federal o item que assegurava esse direito.

**Por causa de um lapso em uma revisão constitucional de 1994, os filhos de brasileiros nascidos no exterior deixaram de ser automaticamente brasileiros. As crianças vivem com passaportes brasileiros provisórios, válidos só até os 18 anos. Mas eles só "se tornam" brasileiros se morarem no Brasil antes de completar 18 anos e entrarem com um processo complicado e caro - pode levar 7 anos - para ganhar sua cidadania na Justiça do País.**

A medida vai beneficiar de 200 a 300 mil crianças nascidas nos últimos 12 anos e que não puderam fazer os registros como brasileiros natos. Em países como Japão, Suíça e Alemanha, onde os filhos de brasileiros que lá residem não podem reivindicar a cidadania destas nações, por conta de especificidades das leis locais, o drama é maior.

Texto retirado do site

http://www.estadao.com.br/ultimas/nacional/noticias/2007/jul/04/12.htm

Leia mais:
http://www.apatridasnojapao.blogspot.com/

4 comentários:

Eliana Marise disse...

Que horror....nunca fui para o exterior mas sei como os brasileiros são tratados pelos relatos de amigas,
tem uma que me contou que num restaurante no exterior, um casal que estavas próximo se afastou quando notou que se tratava de brasileiros...que nojo!
Será por que o Brasil é um país de terceiro mundo? pois fama de terrorista acho que os brasileiros não tem.....
aliás nosso país anda as moscas, é lamentável.....
nunca vi tanta falta de escrupúlos, tanta cara de pau, tanta impunidade
e nós, o povo, sempre com aquela cara de "ah é, é".....
Mas aqui no Sul está um frio maluco, não dá vontade de sair de casa, hoje após vários dias de chuva abriu sol, tive que lavar dúzias de roupas...uiuiui....
vida de dona de casa não é mole,,,
aqui não existe calefação, só fogaozão, rsrsr
beijos...

Meire disse...

Pois é Miriam, eles aqui na europa estao barrando devido aos tantos q vieram na ilegalidade, mas nao estao sabendo separar o joio do trigo, estao deportando pessoas q nao tem nada a ver, enfim quem nao tem nada com isso é q esta pagando o pato,
bjs

Simone disse...

Mirian, tb participei da blogagem e, apesar de ter um blog q nasceu extamente c a idéia de mostrar q estamos todos num mesmo planeta e q o respeito em relação ao outro deveria ser independentemente de qq diferença, tenho q ir um pouco contra essa idéia de q somos vítimas em tudo. Sobre a sua experiência no aeroporto de NY, vc deve ter notado q todos são solicitados a retirar os sapatos p passar nos detectores de metais, nos aeroportos daqui dos EUA, inclusive americanos. Mas, c relação à inadmissão de brasileiros, infelizmente, esse é o resultado de anos de exportação de imigrantes ilegais do Brasil, q acaba fazendo c q as nações q os recebem tentem encontrar alguma solução p isso. É discriminação sim, mas é a única solução q eles têm p não inchar ainda mais os serviços públicos c pessoas q não contribuem c impostos. Infelizmente, inocentes são punidos tb.

Meire disse...

bom dia flor do dia!